.

 

APRENDA A ECONOMIZAR ENERGIA NO COMPUTADOR

O grande número de usuários que deixam o PC ligado sem utilidade desperdiça energia e prejudica o meio ambiente
 05/06/2011


Nos Estados Unidos, as empresas desperdiçam cerca de US$ 2,8 bilhões por ano com energia elétrica consumida por computadores que são deixados ligados após o fim do expediente nas empresas. Segundo o relatório "PC Energy Report", da empresa 1E, em 2009, metade dos 108 milhões de microcomputadores corporativos dos Estados Unidos permanecia ligada durante o período pós-expediente.
No Brasil, embora o país não tenha sido contemplado pela pesquisa, pode-se imaginar que a situação também se repita. O que se sabe é que, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Conservação de Energia, o desperdício de energia atinge cerca de R$ 10 bilhões por ano em petróleo, eletricidade e gás natural.
De acordo com a fabricante de computadores HP, se 100 mil usuários desligarem os computadores ao final de cada dia, a economia de energia poderá ser de mais de 2.680 quilowatts hora (kWh), e a redução nas emissões de carbono poderá atingir mais de 1.600 kg por dia. "Isso equivale a eliminar mais de 105 carros das ruas mensalmente", diz a empresa.
“A maioria dos executivos das empresas não tem idéia de que os desktops e os laptops representam em média o terceiro item que mais consome energia elétrica em uma organização, atrás apenas do sistema de ar-condicionado e de iluminação”, segundo a Multimídia Brasil, empresa que distribui o software TI Verde no Brasil, que promete economia de até 60% no consumo de energia nos PCs.
Enquanto no ambiente corporativo, entre as razões encontradas para deixar o computador ligado, está a atualização de sistemas, no ambiente doméstico, com o advento da banda larga, muitos PCs são deixados ligados para fazer o download de filmes. Mesmo sendo necessário deixar o PC ligado, o usuário pode minimizar o desperdício ao desligar o monitor.
No computador, o monitor é o componente que mais consome energia, chegando a representar 50% do total, segundo um estudo realizado pela Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação da Universidade de Campinas (Unicamp). Quando um monitor estiver desligado, essa porcentagem representa apenas algo em torno de 10% do consumo do computador. "Quando o computador está ocioso, a CPU permanece ligada e o monitor em estado de espera, alterando essas proporções. Esta configuração do monitor é a melhor maneira para se diminuir o gasto de energia. Pois o consumo é praticamente nulo. Já no caso da CPU, o consumo continua sendo de aproximadamente 70W", diz o estudo.
“Se considerarmos que um monitor LCD consome 14 vezes mais quando está em plena atividade do que quando está em modo sleep, ou que a CPU consome 15 vezes mais quando em uso do que quando em sleep, dá para se ter uma noção do prejuízo que as empresas sofrem”, afirma a New Boundary, empresa norte-americana que oferece soluções para economia de energia nos PCs.
Especialistas recomendam que os monitores devem ser desligados se forem ficar sem uso por mais de 15 minutos. No caso dos computadores, a recomendação é que sejam desligados quando a inatividade for superior a meia hora. É um mito a idéia de que ligar e desligar o PC consome mais energia do que deixá-lo ligado. 
Uso inteligente
Soluções em software também ajudam na economia
O usuário pode contar com algumas ferramentas que o auxiliam na redução do consumo de energia em seu computador, beneficiando o meio ambiente e seu próprio bolso. No próprio sistema operacional Windows, o usuário pode programar o computador para entrar em modo de espera (sleep) depois de alguns minutos sem ser utilizado. No sistema da Microsoft, este recurso pode ser acessado ao clicar em "Meu Computador", "Painel de Controle" e, em seguida, em "Vídeo". Também é possível programar o monitor para desligar depois de certo tempo de inatividade (15 minutos é o recomendável).
Na tentativa de impedir que computadores consumam plenamente energia elétrica mesmo quando não utilizados pelos empregados, a empresa norte-americana New Boundary Technologies lançou em 2008 uma solução que atua sobre as políticas de "sleep" e hibernação do Windows. O programa TI Verde oferece ao usuário a inteligência de gerenciar e garantir que as políticas sejam aplicadas 100% do tempo, diminuindo o consumo de desktops ociosos.
Dicas
- Dê preferência ao laptop, que consome menos energia que o PC comum
- O monitor de LCD também consome menos energia que o monitor de tubo de imagem
- Use um filtro de linha para ligar a CPU, o monitor e outros acessórios. O uso de adaptador de tomada do tipo benjamin (T) leva ao desperdício de energia
- Programe o monitor e o processador para entrar em modo de espera depois de algum tempo sem ser utilizado.
- Desligue o monitor ao fazer download de arquivos pesados
- Procure usar a graduação de brilho do monitor no menor nível possível.

 Fonte: diariodonordeste.globo.com
 

.

.